Quinta-feira, 6 de Março de 2008

PAISAGEM

 

 

 

 

 

 

Um vento leve agita as folhas dos choupais.

Rouxinóis ao poente elevam seus cantares

E a manta acinzentada destes olivais

Abriga revoadas de álacres pardais

Profunda melancolia, o lúgubre harpejo,

A tormenta, a ânsia, a solidão, o desespero,

Um árido deserto em ardente estio.

Quando a luz dos teus meigos olhoseu não vejo!

 

 

tags:
publicado por anapaula27 às 11:08
link | favorito
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
22
23
24
25

26
27
28
29


.posts recentes

. ALMA GÉMEA

. O TEMPO E A VIDA

. MISSIONÁRIO

. HIROSHIMA

. FLOR

. PAISAGEM

. ESCALADA DE MÃOS DADAS

. OUTONO

. CHOVE SOLIDÂO DENTRO DE M...

. ÂNSIA

. MÃE

. SONHEI

.arquivos

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2010

. Novembro 2009

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. O TEMPO E A VIDA

. DUADRAS SOLTAS

. O AMOR

. FERNANDO

. PAISAGEM

. DEPOIS DA MORTE

. ESCALADA DE MÃOS DADAS

. CRANÇA

. SONHO DOADOR

. DIÁLOGOS

blogs SAPO

.subscrever feeds